Notícia

Outubro de 2012

Parabéns professor, parabéns professora!

Ajudar a valorizar o(a) professor(a) talvez seja a melhor homenagem que podemos prestar aos mestres, no seu dia.

Para a comemoração do Dia dos Professores, neste 15 de outubro, selecionamos algumas mensagens de estímulo e valorização aos educadores do Brasil.

 

“Já fui como uma muda. Mas com cuidado e dedicação fui crescendo e me tornando uma planta. Sempre tendo um mestre ao meu lado, me desviando das ervas daninhas e me podando. Agora já posso dizer que sou uma arvore, forte, com as raízes bem pressas ao chão. O que posso dizer devo tudo isso aos mestres que passaram em minha vida.

Esta é, sem duvida, a carreira mais bela que alguém pode ter. Porém a maioria de nós não valoriza. Sei que ser professor não deve ser fácil.

Me orgulho em dizer que sou uma pessoa de mente aberta. E posso dizer, com todo o carinho, que as lições ensinadas por meus mestres me moldaram, fazem parte da composição que me tornei. Muito obrigada pelo carinho, dedicação e paciência que tiveram comigo nesses anos todos.

Feliz dia do professor, o grande mestre da vida!”

Michelle F. Zanin, Araraquara, SP.
Endereço eletrônico: michellezanin2009@hotmail.com

 

“Já fomos chamados de mestres, professores, orientadores, facilitadores e até mediadores. Seja qual for o nome dado a nós professores, continuamos muito preocupados com o direcionamento que a educação e os educandos estão tomando.

Fala-se muito nas questões ambientais, porque o foco é garantir o futuro das espécies. Mas a espécie humana corre sérios riscos de convivência e precisa ser restaurada emocional e afetivamente para poder conviver pacificamente com ela própria no contexto ambiental.

Nós fomos, somos e seremos sempre muito importantes nesse processo, mas, desvalorizados, sem estrutura adequada e sozinhos, não vamos ter sucesso nessa busca constante de transformar o indivíduo pelo processo educacional.
Não podemos mudar a educação sozinhos, mas também não podemos pagar sozinhos a alta conta pelo fracasso coletivo. Precisamos unir forças, ideias e projetos reais.

Parabéns a todos as professoras e professores guerreiros que continuam acreditando, apesar das frustrações. E em especial aos meus colegas de trabalho da minha querida Barra do Corda, MA.”

Rozelia Parrião, Barra do Corda, MA.
Endereço eletrônico: rozeliaparriao@hotmail.com

 

“Hoje, mais do que nunca, é na educação formal da escola que são trabalhadas todas as demandas da criança, pois vemos uma desestruturação enorme na base da nossa sociedade: a família. Assim, a escola aparece para a criança como um porto seguro para sua estrutura de vida emocional e social.

É o professor que está sendo responsabilizado pela educação integral de seus alunos. É ele que necessita ter em sua bagagem os conhecimentos, habilidades e competências para trabalhar com a criança a emoção, a razão, as atitudes, as condutas e os bons hábitos, além de todo o processo pedagógico. Enfim, a educação que sempre foi dada em casa, agora, cabe ao professor. Porém, com todas estas transformações, as pessoas esquecem que o professor é humano.

O professor deseja apenas ser reconhecido e respeitado pelo papel que exerce na sociedade. Proponho para todos um resgate do que foi o professor em suas vidas? Até quando seres humanos heroicamente preparados pelas universidades levantarão de manhã para cuidar do filho alheio?”

Esther Cristina Pereira, diretora da Escola Atuação de Curitiba e diretora de Ensino Fundamental do Sinepe, PR.

 

“Que o educador é peça fundamental entre as demais profissões, não há quem discorde. É o professor um decisivo agente de revolução social, de quebra de paradigmas e preconceitos, construção de valores e virtudes.

Se nos sentimos magoados com alguém a quem ajudamos a trilhar o caminho, como em A agulha e o novelo de linha, de Machado de Assis, isso pouco importa. Individualizar o importante processo de entrelaçar a malha de um aprendizado libertador é o que não devemos fazer.

Ser linha ou agulha, para a confecção da camisa que deve ser vestida por todos os que fazem a educação. Para solidificarmos os alicerces desse país, faz-se necessário não negligenciarmos a ação docente, não torná-la puramente mercenária. Seremos mais humildes e atuantes naquilo que, por escolha ou destino, escolhemos fazer: educar.”

Reinaldo Camilo
Endereço eletrônico: reinaldoeneuma@hotmail.com

 

"A escola precisa ser reencantada, encontrar motivos para que o aluno vá para os bancos escolares com satisfação, alegria. Existem escolas esperançosas, com gente animada, mas existe um mal-estar geral na maioria delas. Não acredito que isso seja trágico. Essa insatisfação deve ser aproveitada para se dar um salto. Se o mal-estar for trabalhado, ele permite um avanço. Se for aceito como uma fatalidade, ele torna a escola um peso morto na história, que arrasta as pessoas e as impede de sonhar, pensar e criar".

Moacir Gadotti, professor e diretor do Instituto Paulo Freire em São Paulo

 

“O professor é um pastor de sonhos e mediador de projetos”

Rubem Alves, escritor

Receba a newsletter Mundo jovem Fechar
Envie para seu amigo Fechar

Você pode compartilhar o conteúdo que estava lendo com amigos, familiares ou colegas. Basta preencher os campos abaixo!