Notícia

Setembro de 2012

Como anda a educação no Brasil?

Unicef lançou o relatório "Todas as crianças na escola em 2015 - Iniciativa global pelas crianças fora da escola", com dados importantes sobre a educação brasileira.

Nos últimos anos tem sido comum ouvirmos que a educação avançou no Brasil. Mais escolas técnicas; acesso ao ensino superior ampliado para estudantes de ensino público, negros e indígenas; diminuição dos índices de analfabetismo; ampliação do nível de formação de professores etc. Porém sabemos que ainda temos um longo caminho a percorrer para que tenhamos a educação que almejamos, para um país em busca de desenvolvimento, principalmente no que se refere à manutenção das crianças na escola.

A recente publicação do relatório Todas as crianças na escola em 2015 - Iniciativa global pelas crianças fora da escola, publicado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), e a Campanha Nacional pelo Direito à Educação nos apresentam dados fundamentais para debatermos as causas de dificuldades ainda presentes na educação brasileira.

Segundo o relatório, mais de 3,7 milhões de alunos das séries iniciais do Ensino Fundamental encontram-se com idade superior à recomendada para a série que frequentam. Há desigualdades que se envidenciam quando olhamos algumas regiões do Brasil e grupos étnicos específicos.

O relatório ainda analisa o impacto de políticas como o Fundeb e recomenda ações para a melhoria da educação. Dentre essas, a valorização dos profissionais da educação, que passa por remuneração adequada, plano de carreira e formação continuada.

Além de ser feita por organizações confiáveis, esta pesquisa nos permite pensarmos em melhorias, tendo presentes as dificuldades e os acertos das diversas regiões de nosso país, não apenas do sul ou do sudeste.

Arquivos e links relacionados
Receba a newsletter Mundo jovem Fechar
Solicitação enviada Fechar
Envie para seu amigo Fechar

Você pode compartilhar o conteúdo que estava lendo com amigos, familiares ou colegas. Basta preencher os campos abaixo!